Rss Feed Facebook button

Chás solúveis – aceleram o ritmo e mantém a vida mais saudável

Os chás solúveis da linha Slim foram desenvolvidos para ajudar você a acelerar o seu ritmo e manter uma vida mais saudável.

Os chás são elaborados com pó concentrado das plantas Camellia sinensis (Chá Verde, Chá Vermelho e Chá Branco) e Hibiscus sabdariffa (Chá de Hibiscus) quee apresentam excelentes quantidades de polifenóis e antocianinas para garantir todos os benefícios atribuídos aos chás.

NATURALMENTE – sabor de bem estar

Av. Albino José Barbosa de Oliveira, 1905 / Barão Geraldo – Campinas SP

19 – 3327 10 17

chás sanavita

chás sanavita

 

FLORALIV – Auxilia no funcionamento intestinal

AQUI NA NATURALMENTE, VOCÊ ENCONTRA ESSE PRODUTO !

FLORALIV SANAVITA

Mix de fibras solúveis e prebióticas como a inulina, oligofrutose (FOS) e polidextrose.

Essa combinação contribui para o equilíbrio da flora intestinal, reduzindo os problemas de constipação.

A inulina é uma fibra alimentar e funcional. A maior parte da inulina comercializada é sintetizada a partir da sucrose ou extraída e purificada da raiz de chicória. É resistente à ação de enzimas gástricas do organismo humano, influencia a função intestinal aumentando a freqüência das evacuações, principalmente em indivíduos constipados, aumentando o peso das fezes, diminuindo o pH das fezes. Além disso, a inulina também está associada à diminuição sérica de triglicerídeos e níveis de colesterol sérico em pacientes hipercolesterolêmicos.

Os frutooligossacarídeos (FOS) são polímeros naturais de frutose que usualmente são encontrados ligados a uma molécula inicial de glicose. São totalmente resistentes à digestão no trato gastrintestinal superior e utilizados quase que inteiramente pelas bifidobactérias do cólon, dessa forma promovem a integridade da mucosa gastrintestinal.

No intestino grosso, os frutooligossacarídeos além dos efeitos seletivos em bifidobactérias e lactobacillus, influenciam muitos aspectos na função intestinal por fermentação.

Eles têm como principais funções intensificar o crescimento da flora intestinal (bifidobactérias), aliviar a constipação, melhorar os lipídios sangüíneos e suprimir a produção de substâncias putrefativas. Através da sua atuação como prebiótico, atuando no crescimento das bifidobactérias, elas acabam agindo indiretamente em vários outros aspectos por estimular as funções dessas bactérias, funções essas que são: inibição de bactérias patogênicas, redução do pH intestinal, estímulo ao sistema imune, controle da função intestinal e aumento da absorção de minerais, redução dos níveis sangüíneos de colesterol e amônia, produção de vitaminas B e K e prevenção do câncer.

A Polidextrose é um composto formado por polímeros de glicose obtida por processo de condensação, o que origina um produto que tem difícil digestão, atingindo o intestino intacto. Essas características permitem classificar a Polidextrose como fibra solúvel que não sofre digestão no trato gastrintestinal. Além disso, é um produto que quase não tem calorias, perfeito para melhorar a saciedade e o funcionamento intestinal sem aumentar o consumo calórico. A polidextrose tem sido o alvo de muitos estudos, principalmente por sua capacidade prebiótica e emagrecedora.

Os primeiros estudos realizados em humanos em 2000 objetivaram verificar os efeitos fisiológicos em indivíduos que ingeriram diferentes quantidades de Polidextrose. Participaram do estudo 66 homens e 54 mulheres saudáveis submetidos a exames físicos, bioquímicos, inquérito alimentar e de hábitos intestinais. Os indivíduos que receberam Polidextrose apresentaram maior freqüência e facilidade nas evacuações, devido ao aumento do peristaltismo intestinal, relacionado à capacidade de retenção hídrica da Polidextrose. Houve uma melhora significativa em todos os parâmetros relativos a um bom funcionamento intestinal, sem efeito laxativo. O estudo verificou que houve queda no pH intestinal e aumento das evacuações, o que permite afirmar que a Polidextrose ajuda a impedir a produção de toxinas entéricas, tais como o indol e o cresol (substâncias putrefativas e cancerígenas, produzidas pela fermentação bacteriana), prevenindo a constipação, diverticulite e risco de câncer de cólon.

NATURALMENTE – Sabor de bem estar

Av. Albino José Barbosa de Oliveira, 1905 – Barão Geraldo / Campinas SP

19 3327 10 17

www.alimentonatural.net

www.facebook.com/naturalmente

Floraliv

 

Esfriou ? Que tal um ” chá ” prático e saboroso ?

Os chás solúveis da linha Slim foram desenvolvidos para ajudar você a acelerar o seu ritmo e manter uma vida mais saudável.

São elaborados com pó concentrado das plantas Camellia sinensis (Chá Verde, Chá Vermelho, Chá Branco e Chá Amarelo) e Hibiscus sabdariffa (Chá de Hibiscus).

Apresentam excelentes quantidades de polifenóis e antocianinas para garantir todos os benefícios atribuídos aos chás.

Chás Sanavita

Floraliv Sanavita

Contribui para o equilíbrio da flora intestinal ..

Mix de fibras solúveis e prebióticas como a inulina, oligofrutose (FOS) e polidextrose

Essa combinação contribui para o equilíbrio da flora intestinal, reduzindo os problemas de constipação.

A inulina é uma fibra alimentar e funcional. A maior parte da inulina comercializada é sintetizada a partir da sucrose ou extraída e purificada da raiz de chicória. É resistente à ação de enzimas gástricas do organismo humano, influencia a função intestinal aumentando a freqüência das evacuações, principalmente em indivíduos constipados, aumentando o peso das fezes, diminuindo o pH das fezes. Além disso, a inulina também está associada à diminuição sérica de triglicerídeos e níveis de colesterol sérico em pacientes hipercolesterolêmicos.

Os frutooligossacarídeos (FOS) são polímeros naturais de frutose que usualmente são encontrados ligados a uma molécula inicial de glicose. São totalmente resistentes à digestão no trato gastrintestinal superior e utilizados quase que inteiramente pelas bifidobactérias do cólon, dessa forma promovem a integridade da mucosa gastrintestinal.

No intestino grosso, os frutooligossacarídeos além dos efeitos seletivos em bifidobactérias e lactobacillus, influenciam muitos aspectos na função intestinal por fermentação.

Eles têm como principais funções intensificar o crescimento da flora intestinal (bifidobactérias), aliviar a constipação, melhorar os lipídios sangüíneos e suprimir a produção de substâncias putrefativas. Através da sua atuação como prebiótico, atuando no crescimento das bifidobactérias, elas acabam agindo indiretamente em vários outros aspectos por estimular as funções dessas bactérias, funções essas que são: inibição de bactérias patogênicas, redução do pH intestinal, estímulo ao sistema imune, controle da função intestinal e aumento da absorção de minerais, redução dos níveis sangüíneos de colesterol e amônia, produção de vitaminas B e K e prevenção do câncer.

A Polidextrose é um composto formado por polímeros de glicose obtida por processo de condensação, o que origina um produto que tem difícil digestão, atingindo o intestino intacto. Essas características permitem classificar a Polidextrose como fibra solúvel que não sofre digestão no trato gastrintestinal. Além disso, é um produto que quase não tem calorias, perfeito para melhorar a saciedade e o funcionamento intestinal sem aumentar o consumo calórico. A polidextrose tem sido o alvo de muitos estudos, principalmente por sua capacidade prebiótica e emagrecedora.

Os primeiros estudos realizados em humanos em 2000 objetivaram verificar os efeitos fisiológicos em indivíduos que ingeriram diferentes quantidades de Polidextrose. Participaram do estudo 66 homens e 54 mulheres saudáveis submetidos a exames físicos, bioquímicos, inquérito alimentar e de hábitos intestinais. Os indivíduos que receberam Polidextrose apresentaram maior freqüência e facilidade nas evacuações, devido ao aumento do peristaltismo intestinal, relacionado à capacidade de retenção hídrica da Polidextrose. Houve uma melhora significativa em todos os parâmetros relativos a um bom funcionamento intestinal, sem efeito laxativo. O estudo verificou que houve queda no pH intestinal e aumento das evacuações, o que permite afirmar que a Polidextrose ajuda a impedir a produção de toxinas entéricas, tais como o indol e o cresol (substâncias putrefativas e cancerígenas, produzidas pela fermentação bacteriana), prevenindo a constipação, diverticulite e risco de câncer de cólon.

A Polidextrose garante uma flora intestinal saudável e equilibrada e um desempenho normal das funções fisiológicas, como integridade das células da mucosa intestinal, tolerância à glicose, absorção de minerais e trânsito intestinal regular. Pode-se dizer que é uma espécie de alimento para as bactérias benéficas de nosso intestino, muitas vezes responsáveis por processos importantes como por ex. a absorção de vitaminas (Bifidobactérias e Lactobacillus). E isso é um pouco diferente da ação das fibras convencionais, que nem sempre agem por intermédio de bactérias. Para se obter efeitos prebióticos da Polidextrose deve-se ingerir 20g e gramas da fibra dietética, para que a mesma torne-se substrato para a microbiota intestinal. A ingestão de Polidextrose é bem tolerada, sem evidências de efeito laxativo em até 90g/dia.

Aqui na NATURALMENTE, você encontra o ” Floraliv Sanavita”. Faça – nos uma visita !!

Av. Albino José Barbosa de Oliveira, 1905 – Barão Geraldo / Campinas SP

19 3327 10 17

www.alimentonatural.net

www.alimentonatural.net/blog

www.facebook.com/naturalmente

naturalmente@alimentonatural.net

Floraliv Sanavita

 

Dica saudável

Alimentos e celulite . . .

A celulite é a inflamação das células de gordura, que ocorre quando há aumento de peso concomitante a um aumento da gordura localizada. Também está associada a uma má alimentação, hormônio, sedentarismo e circulação.

A alimentação tem papel fundamental no controle da celulite. Uma ingestão adequada dos nutrientes favorece a eliminação de gordura do corpo. Antioxidantes, fibras e água também ajudam nesse processo.

Também deve-se reduzir a ingestão de sódio, já que esse mineral incha as células e piora o aspecto da celulite.

Os radicais livres causam danos à pele e devem ser neutralizados com uma boa ingestão de antioxidantes.

Para auxiliar na redução da celulite, evite: refrigerantes (inclusive diet, light e zero), embutidos, enlatados, bebidas alcoólicas, conservantes, frituras, carnes gordas, doces, açúcar, sódio.
Prefira sempre vegetais, frutas, alimentos integrais, cereais, grãos, sementes, castanhas.
Antioxidantes como o selênio e a vitamina E são antiinflamatórios e desintoxicam o organismo dos radicais livres.
Linhaça, gérmen de trigo, farelos, aveia, castanha do Brasil, gengibre, chás e frutas vermelhas são alimentos-chave.

Também já existem diversas cápsulas compostas por esses antioxidantes e outros nutrientes. Combinadas a uma alimentação adequada e exercícios físicos, ajudam a eliminar a gordura localizada e a desinflamar as células, melhorando a celulite. Ou seja, as cápsulas aceleram o resultado esperado.

Uma opção é o CelluCtiv da Sanavita. Contém colágeno hidrolisado, ativos da uva, hibiscus e blueberry, vitaminas A, C, E e zinco. ( Trabalhamos com o CelluCtiv em nossa loja )

 

CelluCtiv - sanavita