Rss Feed Facebook button

Colhemos o que plantamos ..

Por um ambiente mais verde e bonito !

Jogue sementes

Beringela com farelo de aveia . .

 

Receita

 

Berinjela Com Farelo De Aveia

Ingredientes:
:: Farelo de Aveia – 2 colheres de sopa
:: Sal Moído Iodado Marinho – a gosto
:: 1 cebola picada
:: 150 g de queijo mussarela
:: 2 xícaras (chá) de molho branco
:: 3 berinjelas médias
:: 3 tomates batidos
:: 4 colheres (sopa) de óleo.

Preparo: Corte as berinjelas em cubos e deixe de molho em água com sal por 15 minutos (para tirar o sabor picante). Despreze a água, coloque-as em uma panela, cubra com mais água e leve para fervura por 8 minutos. Coe e reserve. Prepare o molho de tomates colocando o óleo e a cebola numa panela levando ao fogo até murchar. Junte os tomates batidos e deixe apurar por 20 minutos ou até diminuir pela metade. Acrescente a cebolinha.

Montagem: em um refratário, faça camadas com as berinjelas, o molho vermelho, depois o molho branco e a mussarela. Por cima, coloque o farelo de aveia com um pouco de queijo mussarela e leve ao forno para gratinar.

www.maeterra.com.br

berinjela

Sobre o farelo de aveia . .

Dica saudável

 

Farelo de aveia

 

O farelo de aveia é extraído da camada externa do grão de aveia, por isso é rico em fibras solúveis, em especial as beta-glucanas e tem ação na redução do colesterol. Dentre os cereais, de acordo com estudo publicado, a aveia e a cevada são os grãos com maior conteúdo de beta-glucanas.

As beta-glucanas são componentes da fibra alimentar solúvel presentes na aveia, e sua importância é devido às propriedades funcionais e aos efeitos em reduzir os níveis de colesterol e glicemia (indicado para diabéticos). Em 100g de aveia podemos encontrar em média 10,3g de fibra alimentar.

Também é constituído de vitaminas e minerais como ferro, cálcio, zinco e antioxidantes, podendo ser benéfica em tratamentos de anemia, falta de energia celular e osteoporose, além de agir como antienvelhecimento e anticâncer.

Por conta de todos esses benefícios à saúde é considerado um alimento funcional.

Se comparado a outros cereais, possui melhor qualidade, pois apresenta menor teor de carboidratos, maior teor protéico e gorduras de boa qualidade.

As fibras estão relacionadas também ao bom funcionamento intestinal e à redução na velocidade de esvaziamento estomacal. Elas são digeridas de forma mais lenta, e isso promove saciedade e reduz a sensação de fome. Também há perda de peso e desintoxicação do organismo.

A quantidade de fibras é maior no farelo de aveia, seguido pelos flocos e pela farinha de aveia.

Um estudo realizado com ratos chegou à conclusão de que a ingestão do farelo de aveia reduz o nível de colesterol  total, eleva o colesterol HDL e reduz o colesterol LDL e os triglicérides, sendo a ingestão desse cereal indicada para melhorar o perfil lipídico.

O farelo de aveia não apresenta sabor marcante e pode ser adicionado em massas de pães e bolos, em vitaminas, em frutas, mingaus, sopas, farofas, etc.

Trabalhamos com farelo de aveia da marca “mãe terra” e também a granel !

Faça-nos uma visita: Av. Albino José barbosa de Oliveira, 1905 / Barão Geraldo – Campinas SP

19-3327 19 17

www.alimentonatural.net

www.alimentonatural.net/facebook

farelo de aveia em flocos

 

Novidade : Arroz Biodinâmico Volkmann

 

Arroz Biodinâmico Volkmann

Recebemos a linha de arroz biodinâmico Volkmann !

São eles:

*  Arroz agulinha integral orgânico bio

* Arroz cateto integral orgânico bio

* Arroz integral com vermelho orgânico bio

* Arroz cateto integral cateto integral com vermelho e preto orgânico bio

(todos os produtos são embalados a vácuo)

Conheça um pouco mais sobre esse arroz tão especial ..

O Arroz Biodinâmico Volkmann é produzido sem agrotóxicos, adubos químicos ou conservantes.

Para auxiliar a natureza em produzir alimentos saudáveis são aplicados de forma homeopática na lavoura preparados Biodinâmicos. Estes preparados são elaborados a partir de cristais e plantas medicinais constituindo uma fitoterapia para que as plantas cumpram melhor sua função e, no alimento, isto se reverta para o homem.

A armazenagem é feita com o produto em casca com controle de temperatura e umidade, dispensando o uso de inseticidas.

Você como consumidor consciente pode, através da escolha de produtos orgânicos, receber um alimento sadio, contribuir com o meio ambiente e fortalecer o organismo social.

Faça-nos uma visita e prove essas e outras delícias.

Avenida albino José Barbosa de Oliveira, 1905 -> Barão Geraldo / Campinas  SP

www.alimentonatural.net

www.facebook.com/naturalmente

arroz volkman


Chocotone sem glúten ..

Intolerância ao glúten? Não passe vontade esse natal !!

Faça-nos uma visita e prove os deliciosos chocotones sem glúten e sem soja da     marca    ( BH )

chocotone sem glúten

 

 

 

 

 

Ingredientes:     Óleo, gotas de chocolate, açúcar cristal, farinha de arroz, fécula de batata, ovos, fermento, emulsificante, sal, liga neutra e essência de panetone.

 

Contate-nos:

End: Avenida Albino José barbosa de Oliveira, 1905  – Barão Geraldo / Campinas SP

www.alimentonatural.net

www.facebook.com/naturalmente

Tel: 19- 3327 10 17

Receita @ suco anti stress ..

Suco contra o  stress

 

Ingredientes:

 

½ copo de suco de goiaba (polpa ou natural)

1 colher de sobremesa de levedo de cerveja em pó

1 colher de sobremesa de farinha de chia

Suco de 1 laranja

Folhas de hortelã

Cubos de gelo

Modo de preparo: Bata todos os ingredientes, exceto o levedo. Coe e adicione o ingrediente restante.

 

suco de laranja natural

Propriedades do levedo de cerveja

O levedo de cerveja é um fermento, utilizado na fabricação da cerveja.

Possui diversas vitaminas, em especial, as do complexo B, que são responsáveis por melhorar a imunidade, resistência física, reduzir o stress e a fadiga e desintoxicar o fígado.

Atletas e praticantes de atividade física se beneficiam do uso do levedo de cerveja, melhorando o desempenho físico e mental e evitando faltas ao treinamento por conta de gripes e resfriados.

Devido à presença da vitamina B em sua composição, ajuda a melhorar a aparência da pele, auxiliando, inclusive, nos casos de acne.

Essa vitamina também é utilizada nos casos de falta de memória e concentração, irritação, stress e depressão.

Também é indicado para recompor a flora intestinal e regular o funcionamento desse órgão, evitando e tratando prisão de ventre e hemorroidas.

Além do complexo B, o levedo de cerveja contém ainda: vitamina A, cromo, zinco, cálcio, ferro, fósforo e selênio, além de proteínas e carboidratos complexos.

Como é um alimento rico em proteínas, ferro e vitaminas do complexo B (inclusive a B12), também é indicado para o consumo de vegetarianos e veganos.

Por conta de todos esses nutrientes, o levedo de cerveja pode ser utilizado como suplemento vitamínico, ou, repositor de vitaminas e minerais.

Não engorda e pode ser consumido em dietas para emagrecimento, pois complementa a alimentação, reduz o apetite e regula o intestino.

Diabéticos também se beneficiam desse alimento, pois controla a glicemia e a produção de insulina.

É encontrado na forma de cápsulas ou pó. O pó pode ser adicionado a sucos, vitaminas, saladas, granolas e suplementos esportivos.

 

Heloiza Muniz – Nutricionista esportiva CRN3 30096

 

Agrotóxico irregular aparece em 28% dos vegetais no Brasil

Quase um terço dos vegetais mais consumidos pelos brasileiros apresentam resíduos de agrotóxicos em níveis inaceitáveis, de acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Das amostras de alimentos analisadas pela agência, referentes ao ano de 2010, 28% apresentaram ou limites acima do recomendável ou substâncias não aprovadas para o produto –um agrotóxico recomendado para o cultivo de eucalipto usado numa lavoura de tomate, por exemplo.

O campeão de irregularidades é o pimentão –92% das amostras analisadas foram consideradas insatisfatórias no relatório do Para (Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, da Anvisa). Há dois anos, esse índice era de 65%.

Os outros dois alimentos mais problemáticos são o morango e o pepino, com 63% e 57% de amostras com mais agrotóxicos do que o permitido, respectivamente.
Foram analisadas 2488 amostras em todos os Estados e no Distrito Federal, exceto São Paulo, que não quis participar da avaliação.

Segundo José Agenor Álvares da Silva, diretor da Anvisa, o problema de resíduos químicos em alimentos pode estar relacionado ao custo dos agrotóxicos. Os pequenos produtores, diz ele, acabam comprando produtos baratos, mas inadequados para um determinado cultivo.

Silva cita ainda a falta de orientação de agrônomos sobre os produtos –agrotóxicos são usados para aumentar a a produção dos agricultores.

PRODUTOS BANIDOS

Dos cinquenta princípios ativos mais usados em agrotóxicos no Brasil, 20 já foram banidos na União Europeia, segundo o diretor da Anvisa.

O endossulfan, achado no pimentão, já não é usado nos EUA e China, por exemplo. Ele foi reavaliado pela Anvisa em 2010 e terá que ser banido do país até 2013.

A presença de química não permitida ocorre em 85% das amostras de pimentão.

Para Luiz Carlos Ribeiro, gerente da Andef (associação das empresas que fabricam agrotóxicos), isso se deve ao fato de os produtores de tomate, que normalmente também cultivam o pimentão, usarem o mesmo agrotóxico para as duas culturas.

Para ele, o problema poderia ser amenizado se a Anvisa aprovasse mais rapidamente os novos agrotóxicos lançados no mercado. Hoje, diz Ribeiro, esse processo leva cerca de três anos.

CÂNCER

A ingestão de comida com excesso de agrotóxicos de forma prolongada pode causar câncer, problemas neurológicos e malformação fetal.

Pesquisas recentes mostram a relação da exposição a essas substâncias com doenças do sistema nervoso.
Em 2010, a Academia Americana de Pediatria fez uma pesquisa com 1.100 crianças e constatou que as 119 que apresentaram transtorno de déficit de atenção tinham resíduo de organofosforado (molécula usada em agrotóxicos) na urina acima da média de outras crianças.

Em 2010, foi usado 1 milhão de toneladas de agrotóxicos em lavouras do país. Ou seja, 5 kg por brasileiro.

fonte: Jornal Folha de São Paulo

Vegetais

 

Receita natalina

Bolo de frutas natalino diet

 

Ingredientes:

2 xícaras de tâmara, sem caroço, cortada em quatro pedaços (400 g)

1 ½ xícara de nozes cortadas em pedaços (150g)

¾ de xícara de uva passa branca (120g)

¾ de xícara de gengibre cristalizado picado (120 g)

½ xícara de uva passa preta (80 g)

½ xícara de uísque

2 colheres (sopa) de casca de laranja ralada

1 colher (sopa) de casca de limão ralada

1 xícara de farinha de trigo(120g)

1 ½ colher (chá) de fermento em pó

½ colher (chá) de noz-moscada ralada

½ colher (chá) de pimenta-rosa

½ colher (chá) de cravo em pó

½ xícara de manteiga em temperatura ambiente (100 g)

1 xícara de açúcar mascavo apertado na xícara (180 g)

 

2 ovos em temperatura ambiente

Modo de preparo: Numa tigela grande, misture os oito primeiros ingredientes e deixe por 2 horas em temperatura ambiente, mexendo de vez em quando. Pré-aqueça o forno a 180°C (moderado). Unte generosamente duas formas de bolo inglês de 9,5 x 20 cm. Forre o fundo com papel impermeável, também untado com manteiga. Polvilhe com farinha de trigo e retire o excesso. Peneire a farinha com o fermento, a noz-moscada, a pimenta e o cravo. Reserve. Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até ficar um creme leve e fofo. Adicione os ovos, um a um, batendo bem depois de cada adição. Junte os ingredientes secos e os que ficaram de molho com o líquido. Divida a massa nas duas formas preparadas. Leve para assar por 40 minutos ou até que, enfiando um palito no centro, ele saia limpo. Deixe esfriar por 15 minutos e desenforme.

Conserve em lugar fresco por cinco dias antes de servir.

Rende 2 bolos de 650 g (10 fatias cada um).

Bolo de frutas natalino - diet

Estudo realizado no Rio Grande do Sul mediu os efeitos do chá das folhas da “Pata de Vaca” sobre o Diabetes…

-> Dica saudável @ Naturalmente

Chá para diabéticos

 

Uma planta muito utilizada pelos diabéticos para controlar a glicemia e os sintomas da doença, é a Pata de Vaca.

Seu nome científico é Bauhinia forficata, mas popularmente também é conhecida como casco-de-vaca, mororó, unha-de-boi ou unha-de-vaca.

Muitos também chamam a planta de Insulina Vegetal, pois após seu uso, o diabético pode notar efeitos hipoglicêmicos, devido à presença de flavonóides, que baixam a glicose, porém nada comprovado.

Um estudo realizado no Rio Grande do Sul, mediu os efeitos do chá das folhas da Pata de Vaca sobre o Diabetes.

Voluntários ingeriram o chá por alguns meses e o nível de açúcar no sangue foi monitorado. No final do estudo, notou-se diminuição da glicemia nos diabéticos.

Devido a esse efeito positivo, a planta está sendo cotada para entrar para a lista de fitoterápicos recomendados pelo SUS.

Porém, o resultado positivo encontrado nesse estudo não pôde ser encontrado em diversos outros. Ou seja, seu efeito benéfico não foi comprovado cientificamente e mais estudos são necessários para que a planta possa ser utilizada de forma segura.

Como todo fitoterápico, seu uso deve ser orientado por um profissional da saúde, e não se deve fazer uso por conta própria.

Fonte:

http://saude.abril.com.br/emagrece-brasil/cha-contra-diabete.shtml

 

Chá: pata de vaca